Justiça nega 2° pedido de liberdade a motorista que matou mulher em racha na Júlio de Castilho

No pedido de habeas corpus, advogado alegou que cliente está debilitado e solicitou a soltura imediata dele. 
| 21/04/2022
- 11:49
Justiça nega 2° pedido de liberdade a motorista que matou mulher em racha na Júlio de Castilho
Carro era ocupado por 7 pessoas (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

A Justiça negou o segundo pedido de liberdade ao motorista de 36 anos, que participou de racha na Avenida Júlio de Castilho, colidiu contra um poste e matou Roberta da Costa Coelho, de 25 anos. O foi preso em flagrante no último sábado (16) e deve responder por homicídio. 

No pedido de habeas corpus, o advogado alegou que o cliente está internado, em condições debilitadas de saúde e então solicitou a soltura imediata dele. 

No entanto, o desembargador Luiz Claudio Bonassini da Silva indeferiu o pedido, dizendo que as condições pessoais não revogam a prisão cautelar e que o condutor causou o acidente sob suposta embriaguez e matou uma mulher. Além disso, por conta deste ato, outros cinco passageiros ficaram gravemente feridos.

acidente LF3 1 - Justiça nega 2° pedido de liberdade a motorista que matou mulher em racha na Júlio de Castilho
Carro era ocupado por 7 pessoas (Foto: de França, Midiamax)

Motorista estaria a mais de 180 km/h antes de acidente

Conforme a polícia, a suspeita é de que o motorista dirigia a 180 km/h quando perdeu o controle da direção na curva, perto do cruzamento com a Rua Antônio Ferreira Damião, invadiu a calçada e atingiu o poste.

O delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, Rodrigo Camapum, disse que seis pessoas ocupavam o Ford Ka branco, sedan. Com o impacto da batida, o poste chegou a ficar suspenso pela fiação e equipes da Energisa - concessionária de distribuição de energia elétrica - foram acionadas. Ocupantes do veículo teriam sido arremessados, entre eles, a vítima fatal.

Um dos ocupantes do carro chegou a bater com a cabeça no para-brisa. Testemunhas relataram que o motorista do Ford Ka estaria ‘tirando um racha’ no momento do acidente, mas o outro veículo não permaneceu no local.

Motorista teria tirado racha com outro carro
(Foto: Leitor Midiamax)

Testemunhas ouviram gritos de socorro

“Sensação horrível ver o homem gritando, pedindo socorro, ajuda que a mulher dele estava morrendo”, relatou uma testemunha que passava pelo local. O Midiamax apurou que um dos jovens era namorado de Roberta, que chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

“Nasceram de novo e essa jovem morreu por conta da irresponsabilidade do outro”, relatou uma leitora em notícia publicada nas redes sociais. “Triste é que uma pessoa dessas, por conta de uma inconsequência tira a vida de quem não tinha nada a ver”, lamentou outro leitor do jornal.

Veja também

Vídeo mostra o momento em que jovem de 22 anos foi vítima de tentativa de...

Últimas notícias