Jovem executado por pistoleiros em cidade de MS tinha passagens pela polícia

Em 2020, ele chegou a ser preso por envolvimento em um duplo homicídio
| 06/04/2022
- 07:24
Jovem executado por pistoleiros em cidade de MS tinha passagens pela polícia
Rapaz foi morto enquanto lavava a moto (Foto: Márcio Ferreira)

Gabriel Alves Noia, o jovem de 19 anos executado a tiros na tarde desta terça-feira (5) em Dourados, a 228 quilômetros de Campo Grande, tinha diversas passagens pela polícia. Em 2020, ele chegou a ser preso por envolvimento na morte de um , mas acabou liberado.

A vítima foi surpreendida por dois criminosos em uma motocicleta enquanto estava lavando a motocicleta em uma localizada na Rua Filomeno João Pires, no bairro Parque das Nações, próximo à Escola Estadual Presidente Tancredo Neves.

Segundo informações apuradas até o momento, dois homens em uma motocicleta teriam se aproximado da vítima e efetuado os disparos. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local, antes mesmo da chegada do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A Polícia Civil investiga o caso e busca informações sobre o que teria motivado a execução e também se ela tem alguma ligação com as mortes de Eberton da Silva Barros, 33 anos, e Gláucia Luciano da Silva, 30 anos. O casal foi executado a tiros de fuzil no dia 13 de dezembro de 2020, em frente a uma lanchonete no bairro Parque das Nações II.

Veja também

Vídeo mostra o momento em que jovem de 22 anos foi vítima de tentativa de...

Últimas notícias