‘Já era, senhor’: polícia tentou negociar com rapaz que atirou em namorada e depois na própria cabeça

| 15/04/2022
- 08:57
Mulher foi ferida a tiros, no Nova Lima, Polícia no local
(Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Antes de atirar na própria cabeça, o homem de 27 anos, suspeito de balear a namorada, na tarde de quinta-feira (14), negou ajuda em negociação com a Polícia Militar. O rapaz atirou na mulher de 30 anos, no bairro Nova Lima. De acordo com a última atualização do estado de saúde, ele segue internado na de Campo Grande, em estado grave, intubado e sedado.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, o cunhado tentou segurar o suspeito enquanto a vítima seguiu para o pelotão da PM no bairro pedir socorro. Chegando nos fundos da residência, o policial o encontrou sentado com a arma na mão. Foi iniciada a tentativa de negociação, pedindo para que ele tirasse o dedo do gatilho e deixasse a arma. Ele disse: "já era, senhor", e em seguida atirou.

O casal teria brigado durante a tarde, supostamente pela desconfiança de uma traição. O homem fez um disparo que atingiu o braço da vítima. A mulher correu para pedir socorro e foi até a rua, quando o irmão a defendeu, entrando na sua frente.

Projetis encontrados pela Polícia
Projéteis encontrados na rua do Nova Lima (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

“A m*** já tá feita, pode chamar a polícia que vou me matar”, teria dito o homem ao cunhado. Uma vizinha, de 21 anos, relatou que o casal tinha uma rotina normal. Eles estavam juntos há aproximadamente um ano. O histórico familiar era conturbado, já que o pai da vítima de tentativa de feminicídio foi assassinado no bairro há dois meses.

“A confusão começou do nada, no meio da rua”, disse a vizinha. De acordo com ela, o homem gritava que mataria a mulher, quando aconteceram os disparos e a vítima saiu correndo ensanguentada. O caso foi encaminhado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Segundo a Santa , a mulher foi atendida na área vermelha, com um ferimento de raspão na coxa direita. Foram solicitados exames de imagens para avaliação da ortopedia. A paciente estava consciente, orientada e segue internada.

(Com Graziella Almeida e Renata Portela)

Veja também

Vídeo mostra o momento em que jovem de 22 anos foi vítima de tentativa de...

Últimas notícias