Integrantes do PCC, 4 brasileiros são condenados a 25 anos de prisão na fronteira de MS

Eles respondiam a processo por tráfico de drogas e armas, tentativa de assassinato e homicídio doloso
| 13/04/2022
- 06:17
Integrantes do PCC, 4 brasileiros são condenados a 25 anos de prisão na fronteira de MS
Arsenal encontrado com os brasileiros (Foto: Divulgação)

Acusados de tráfico de drogas e armas, tentativa de assassinato e homicídio doloso, quatro brasileiros foram condenados nesta terça-feira (12) pela paraguaia. Eles são apontados como integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) e foram presos em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, por crimes registrados em novembro de 2017.

Marcelo Ferucci Dos Santos, Kevin Alexandre de Oliveira, Mateus Ferreira Feitosa e Nelson Simões Gonçalves Junior foram considerados culpados pela Justiça do Paraguai. O caso foi acompanhado pela promotora Katia Uemura, da Promotoria Regional Pedro Juan Caballero, representou o Ministério Público na fundamentação do julgamento oral e público.

Conforme os autos processuais, o caso foi registrado em 19 de setembro de 2017, na Fração Luz Bella, no bairro San Blas, na cidade de Pedro Juan Caballero, Departamento de Amambay, no qual um vendedor ambulante identificado como Lautaro foi a vítima. Entretanto, segundo o Última Hora, o alvo era um policial, que estava de no momento do ataque.

Com os brasileiros presos foram encontrados dois fuzis do tipo M4, um fuzil Ak47, uma espingarda da marca Chamber, quatro pistolas da marca Canik de origem turca, uma pistola da marca Taurus PT 809 e outra da marca Glock 17. Também foram apreendidos vários carregadores para armas longas e curtas 52 tabletes de maconha prensada.

Veja também

Últimas notícias