Foi absolvido do crime de homicídio doloso um idoso de 66 anos, acusado da morte de Ricardo Oldenburg no dia 31 de dezembro de 2020. Ele foi a julgamento nesta quarta-feira (23).

O Conselho de Sentença decidiu pela absolvição do réu, sendo que o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) já tinha sustentado que se tratava de um homicídio privilegiado.

Já a defesa pediu absolvição por clemência, já que o réu tem 66 anos e mora na área rural. Por fim, os jurados decidiram por absolver o acusado.

Assim, o idoso teve o alvará de soltura concedido e não responde mais pelo crime.

Morte no Ano Novo

Ricardo mantinha relacionamento com uma mulher e ela teria convidado o idoso para a festa de Ano Novo, em uma casa no Jardim Paulista. O autor teria entendido que se tratava de um convite sexual.

Assim, na festa autor e vítima acabaram discutindo por ciúmes da mulher. Eles foram expulsos da festa e, na rua, o réu esfaqueou Ricardo, que morreu no local.