Idoso morre na Santa Casa de Campo Grande duas semanas após engolir espinho de peixe

Ele ficou internado e teve vômito com sangramento
| 16/04/2022
- 10:29
Caso foi registrado na Depac Centro.
Caso foi registrado na Depac Centro (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax) - (Foto: Henrique Arakaki - Arquivo Midiamax)

Carlos Antônio Gonçalves, de 61 anos, morreu na madrugada deste sábado (16), após passar mal e ficar internado na Santa Casa de Campo Grande. Ele enfrentou problemas de saúde depois de engolir um espinho de peixe, no dia 30 de março.

Conforme o registro policial feito por familiares na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) centro, a vítima engoliu o espinho durante o jantar, mas não se preocupou. Alguns dias depois, o homem teve dores e vômito, com sangramento.

Assim, o idoso procurou a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino, sendo internado e encaminhado para a Santa Casa, para endoscopia. Ele teve alta na sexta-feira (15), mas novamente precisou retornar ao após piora.

Nesta madrugada, o idoso acabou falecendo. O caso foi registrado como a esclarecer. No laudo médico, foi constatada causa da morte como uma infecção no pulmão.

Veja também

Motocicleta foi encontrada abandonada próximo a 7º delegacia

Últimas notícias