Idoso é vítima de roubo e cárcere ao abrir porta para mulher que pediu emprego de diarista

Dupla fugiu com objetos e o carro do idoso
| 15/04/2022
- 10:49
Caso foi registrado em Três Lagoas
Caso foi registrado em Três Lagoas - (Foto: Reprodução/JPNews)

Idoso de 69 anos foi vítima de roubo e cárcere privado, na quinta-feira (14), em Três Lagoas,  cidade a 326 quilômetros de Campo Grande. De acordo com o registro da ocorrência, uma mulher teria ido até a casa dele e oferecido serviço de diarista. O idoso recusou, mas acabou abrindo a porta para ela e foi imobilizado por um comparsa da suspeita. 

Um vizinho do idoso ouviu os pedidos de socorro por volta das 5h30 desta sexta-feira (15) e acionou a Polícia Militar. Os militares foram até o local e constataram que a casa estava toda trancada e a vítima pedindo por socorro. Os policiais pularam o muro pela casa do vizinho e encontraram o idoso caído no chão, amarrado e amordaçado com fita adesiva e tecidos. Ele foi agredido e apresentava diversos hematomas. 

O idoso relatou aos policiais que uma mulher foi até a casa dele oferecendo serviço de diarista e dizendo ter sido indicada por uma conhecida. Ele disse não precisar dos e a mulher insistiu para entrar solicitando um copo de água. O idoso aceitou e, quando foi pegar a água, foi rendido por um homem com uma arma de fogo.  

A exigiu que o idoso entregasse dinheiro e revirou toda a casa. Diante da negativa de possuir dinheiro na residência, ele foi agredido e ameaçado de morte. Os suspeitos pegaram diversos objetos da casa e colocaram no veículo do idoso, um Gol de cor branca. Eles fugiram no veículo, durante a madrugada, deixando a vítima presa dentro da residência. 

O caso foi registrado como sequestro e cárcere privado e roubo majorado pelo concurso de pessoas na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Três Lagoas.

Veja também

Últimas notícias