A mãe de uma menina de 15 anos chamou a polícia após a filha ser estuprada por um idoso de 63 anos, em Campo Grande, durante uma sessão espírita. Ele foi detido e encaminhado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), na noite dessa segunda-feira (21).

A mulher contou que a filha estava em uma sala sozinha com o homem, que fazia o atendimento dizendo estar incorporado por uma entidade. Durante a consulta, o autor colocou as mãos por dentro do short da menina e a fez segurar seu órgão genital. 

Após o abuso, o homem ainda disse para a menina não contar a ninguém o que tinha acontecido. A adolescente saiu da sala assustada e chorando. Depois de contar os fatos para sua mãe, a polícia foi acionada.

Quando o autor foi questionado pelo militares, ele disse não se lembrar de nada já que estava incorporado.

O autor foi levado para a Deam, e o caso será investigado pela Depca (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente).