Idosa perde R$ 6 mil no 'Golpe da Panela' após casal se passar por funcionários de loja em MS

Eles teriam informado que custariam R$ 190,00 e poderia ser dividido em 10 vezes sem juros
| 09/05/2022
- 18:07
Idosa perde R$ 6 mil no 'Golpe da Panela' após casal se passar por funcionários de loja em MS
(Foto: José Carlos/Caarapó News)

Uma idosa de 67 anos perdeu R$ 6 mil após cair no golpe da venda de panelas, no último domingo (8), em Caarapó, a 274 quilômetros de Campo Grande. Vítima atendeu um que se apresentou como vendedores de uma grande loja da cidade.

Conforme o boletim de ocorrência, o crime ocorreu por volta das 13h40, no Centro do município. A vítima contou em depoimento que o casal chegou em um carro branco - o estava trajando uma camiseta listrada de branco e vermelho e um boné, já a mulher estava usando calça jeans e blusa branca.

O casal teria se apresentado como funcionários da loja e estariam vendendo panelas, mostradas para a idosa. Eles teriam informado que custariam R$ 190,00 e que o valor poderia ser dividido em 10 vezes sem juros.

Um dos vizinhos da vítima ainda tentou alertá-la, dizendo que o casal se tratava de ciganos, e que tinham um barraco na cidade. Após isso, os estelionatários pediram para a senhora apresentar a identidade para tirarem uma foto.

Na sequência, os supostos vendedores pediram o cartão da idosa, para realizar uma consulta. Ao fazerem supostas consultas, disseram que não estava autorizado.

Então o homem acabou pedindo para a dona digitar sua senha por duas vezes - ele teria observado a senha enquanto ela tentava digitar. Na sequência, pediram cartão de outro Banco, que foi entregue aos criminosos.

Novamente, eles argumentaram que o cartão não estava autorizado, e rapidamente pegaram as panelas e colocaram no carro. Eles informaram para a idosa que retornariam até a loja para imprimir o boleto e retornavam na sequência - o que não aconteceu.

Desconfiada, a idosa foi até ao banco verificar sua conta bancaria, tomando conhecimento que os autores lhe haviam sacado o valor de R$ 6 mil. Foram realizados dois saques e, diante disso, a vítima procurou a Delegacia de Polícia Civil. O caso foi registrado como estelionato.

Veja também

Homem foi esfaqueado nas costas pela mulher

Últimas notícias