Homem é amarrado por moradores e preso após furtar carro, aceitar carona e roubar motorista em MS

Suspeito conseguiu fugir para uma área de mata e vítima estava com crianças no carro
| 10/04/2022
- 12:28
Homem é amarrado por moradores e preso após furtar carro, aceitar carona e roubar motorista em MS
(Foto: Reprodução/ Dourados Informa)

Homem de 21 anos foi neste sábado (9) após furtar um veículo, pedir carona e roubar a motorista que estava com a família no carro, em Laguna Caarapã, cidade a 275 quilômetros da Capital. Ele foi contido e amarrado por moradores até a chegada da Polícia Militar.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada primeiramente após um Fiat Strada de cor branca, de um funcionário de floricultura, ter sido furtado em frente ao seu local de trabalho. O veículo foi localizado no distrito de Bocajá, próximo a uma fazenda.

Após buscas na Strada, os policiais perceberam que o motor estava com defeito, uma vez que vazava óleo no asfalto. Um segundo veículo, que seguia sentido Bocajá - Laguna Caarapã, foi abordado, e o motorista confirmou ter visto uma pessoa a pé na rodovia, que tinha pedido carona para ele minutos antes.
Moradores de Bocajá informaram os policiais que uma mulher ofereceu carona para uma pessoa que estava próxima à fazenda, que seguia no sentido Laguna Caarapça até Bocajá, pois conhecia o carro que estava estragado há poucos metros.
O autor teria aceitado carona e, ao chegar no distrito, anunciou assalto, ordenando que a motorista e seus filhos - que estavam no veículo junto à sua mãe - descessem, dando a entender que estava armado. Contudo, a família resistiu, gritou e não entregou o carro ao autor.Em seguida, ele correu para uma mata da região.
O suspeito foi encontrado na saída para a cidade de Laguna Caarapã, cruzando a pista e adentrando novamente na mata. Contudo, devido ao local ser de difícil acesso, os policiais não conseguiram prendê-lo. Enquanto faziam o boletim de ocorrência, os militares foram informados de que o suspeito tinha sido contido por moradores do distrito.
Ao chegarem no local, ele foi encontrado com lesões no rosto e alegou que um caminhoneiro que passava na via, ao avistar que ele estava amarrado, teria dado chutes em seu rosto, mas ele não soube identificá-lo. Ele ainda confessou que queria roubar o veículo da vítima que lhe ofereceu carona, não concluindo porque a família apresentou resistência. Então, ele furtou a carteira da motorista, mas teria jogado o objeto em uma mata.
A carteira foi localizada e devolvida à vítima e a Strada recuperada, mas teve que ficar no pátio da Polícia Militar por estar sem condições para rodar. O suspeito foi preso e encaminhado para a de Dourados.

Veja também

Últimas notícias