Guarda procura a polícia em MS e diz ter sofrido preconceito racial de secretário de infraestrutura

Ele alega ter pedido um documento para ser dispensado do serviço em prédio da secretaria
| 16/01/2022
- 13:48
Guarda procura a polícia em MS e diz ter sofrido preconceito racial de secretário de infraestrutura
(Foto: Divulgação/ Prefeitura Porto Murtinho)

Guarda municipal da cidade de Porto Murtinho, distante 454 quilômetros da Capital, registrou boletim de ocorrência contra o secretário municipal de por injúria racial, neste sábado (15). Ele alega ter sido dispensado do serviço e, ao pedir um documento que o liberasse, teria ouvido do secretário que "se veste mal" e "é preto".

Conforme informações do boletim de ocorrência, o guarda municipal afirmou que estava de serviço no prédio da garagem da Secretaria Municipal de Infraestrutura, quando foi informado pelo chefe da guarda de que seria dispensado e substituído por um colega. Ele teria questionado o motivo e pedido um documento por escrito, mas não foi atendido.

O guarda disse ter ligado para o setor jurídico e para o secretário municipal de governo, mas, sem êxito, decidiu ligar para o secretário municipal de infraestrutura. Por telefone, ele teria dito ao guardar "você não pode trabalhar lá [na garagem] porque você se veste mal, é preto e não tem condições de trabalhar com você. Quem manda aqui sou eu e eu não gosto de você (sic)".

O guarda ainda afirmou na delegacia ter procurado pessoalmente o secretário, e este teria dito novamente - na frente de outros três funcionários - "eu não vou dar papel nenhum, eu que mando aqui, você não vai trabalhar aqui e pronto (sic)". O caso foi registrado como injúria na utilização de elementos referentes à raça e cor, na delegacia da cidade.

O entrou em contato com a Prefeitura de Porto Murtinho, que relatou em nota que os fatos serão analisados na segunda-feira (17). No entanto, o relato do secretário municipal de Infraestrutura é de que ele “apenas informou ao chefe da guarda patrimonial, por meio da Comunicação Interna número 042/2022, que não necessitaria de guarda na garagem da secretaria até as 17 horas, em razão de expediente interno no local”.

doc porto murtinho
Secretário afirma que comunicado foi entregue (Divulgação)

Veja também

A Polícia Militar de Corumbá prendeu dois colombianos por ameaça e vias de fato, nesta...

Últimas notícias