Foragido da Justiça, jovem de 19 anos é executado a tiros na Nhanhá

O Corpo de Bombeiros foi acionado, porém ele morreu no local
| 14/02/2022
- 02:14
Local onde ocorreu o crime (Via WhatsApp)
Local onde ocorreu o crime (Via WhatsApp)

Ryan Dionisio Ajala, de 19 anos, conhecido como “Tatu”, foi morto a tiros na noite deste domingo (13), na Vila Nhanhá, em Campo Grande. O crime aconteceu na Travessa da Boa Vizinhança. O foi acionado, porém ele morreu no local. De acordo com informações, Ryan já tinha sido preso por tráfico de drogas e era considerado da Justiça.

De acordo com testemunhas, o autor, que vestia camisa de manga longa azul, chegou ao local e começou a conversar com Ryan. Em certo momento, ele então sacou uma pistola e efetuou um tiro contra o rosto do rapaz que caiu ao solo. No chão, o assassino efetuou aproximadamente mais cinco tiros contra o jovem. Depois disso, ele correu para fugir, porém retornou e deu mais um tiro na nuca de Ryan.

Segundo populares, um comparsa do autor o esperava em uma moto, a aproximadamente cinco quadras do local do crime. O caso foi registrado como homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido na Depac Cepol.

Veja também

Últimas notícias