Família de adolescente baleado pela PM nega roubo e moto seria comprada pelo sogro

Jovem não tinha CNH e pilotava a motocicleta sem placas no Guanandi
| 15/04/2022
- 10:34
Família de adolescente baleado pela PM nega roubo e moto seria comprada pelo sogro
(Foto: Ilustrativa/PMMS) - Foto Ilustrativa

A família do adolescente de 17 anos, que foi baleado pela Polícia Militar durante uma perseguição, no bairro Guanandi, em Campo Grande, relatou, nesta sexta-feira (15), que o rapaz fugiu da polícia por estar sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e com a moto sem placa. Ele foi ferido na perna.

O cunhado, que terá a identidade preservada, disse que o rapaz teria saído da da namorada, próximo de onde o caso aconteceu. “Ele estuda, trabalha, mas, infelizmente, estava sem placa. O próprio sogro ‘tirou’ essa moto para ele ir pagando até ter idade para tirar a carteira. Ele saiu com ela de teimoso”, relata.

Ainda sobre a suspeita de furtos da região do São Conrado, ele ressalta que não acredita que seja da índole do rapaz. “Ele ainda estava sozinho, estava com uma caixa de bombom e os capacetes, não tinha arma. A moto não é ‘bob’ [expressão para veículos com problemas de documentação], não é roubada”.

Caso

O rapaz foi perseguido e atingido por no bairro Guanandi, na noite de quinta-feira (14), sob suspeita de furtos na região. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Veja também

Armado com um facão e de posse de um simulacro de arma de fogo, um...

Últimas notícias