Encontrado morto em assentamento era condenado e foragido por homicídio ocorrido em 2015

| 07/05/2022
- 09:30
Encontrado morto em assentamento era condenado e foragido por homicídio ocorrido em 2015
(Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Homem encontrado morto no Loteamento Vespasiano Martins, em Campo Grande, na última sexta-feira (6), foi identificado como Gilson da Silva Silvestre, de 37 anos. A vítima era considerada foragida da por assassinar um homem, de 38 anos, no ano de 2015.

Conforme o boletim de ocorrência, a foi acionada depois que o irmão da vítima, teria avistado Gilson caído na rua, já sem vida. A polícia não informou a causa da morte e nem se a Gilson teria algum ferimento pelo corpo.

Caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Gilson foi condenado em 2019 e deveria cumprir 18 anos e 9 meses de reclusão por matar e esconder o corpo de Wanderson Martins de Freitas, de 38 anos. O assassinato ocorreu no dia 19 de dezembro de 2015. A vítima foi morta a golpes de faca, panela, além de asfixia.

Na época, Wanderson foi morto após ter furtado crack da boca de fumo de Gilson. Ele foi julgado e condenado por homicídio qualificado pelo motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.

O corpo de Wanderson foi jogado em um terreno baldio próximo ao local do crime, ele foi enrolado em um cobertor e escondido em meio a vegetação, o que caracterizou o crime de ocultação de cadáver.

Os criminosos foram identificados como um adolescente de 16 anos, um jovem que teria entre 16 e 18 anos, e Gilson, que acabou preso em flagrante.

Veja também

Dois presos fugiram do Centro Penal Agro-Industrial Gameleira, nesta domingo (26), em Campo Grande. De...

Últimas notícias