Dupla presa com carga avaliada em mais de R$ 2 milhões vai continuar presa

Eles estavam carregando mais de 1 tonelada de maconha
| 25/02/2022
- 15:37
Dupla presa com carga avaliada em mais de R$ 2 milhões vai continuar presa
(Divulgação)

A Justiça determinou a prisão preventiva de Erick Ferreira Pardins e Walison Tiago Freitas da Silva em audiência de custódia nesta sexta-feira (25), em Campo Grande. Os dois estavam transportando mais de 1 tonelada de maconha.

A dupla foi presa durante uma perseguição por equipes do Batalhão de Choque nessa quinta-feira (24), no bairro Novo Século. Erick Ferreira já tinha passagens quando adolescente por porte ilegal de arma e roubo majorado, em 2011. Já em maio de 2016, Erick foi levado para a delegacia por corrupção passiva, quando foi descoberto que ele e outros funcionários terceirizados estavam envolvidos em fraudes em furto de energia. 

Walison é autor de uma tentativa de homicídio contra um rapaz de 24 anos, no dia 18 de janeiro, no bairro Moreninhas. Na época, Walison disse que queria ‘dar um susto’ na vítima que teria furtado algumas casas. 

Nessa quinta (24), a dupla acabou presa com 1,5 tonelada de maconha, sendo que um deles saltou do carro em movimento, no bairro Novo Século. A maconha foi avaliada em R$ 2 milhões e 428 mil. 

Perseguição e prisão

De acordo com a polícia, ao cruzar com a viatura policial, os dois demonstraram nervosismo, fato que causou desconfiança da guarnição. O condutor do Fiat, de 28 anos, então acelerou o veículo realizando diversas manobras para fugir dos policiais. 

Neste momento, o ocupante do banco do carona, de 25 anos, pulou do carro em movimento e tentou se esconder em um terreno baldio. Logo depois, o condutor abandou o veículo e também tentou se esconder.

Ainda segundo a polícia, após buscas, ambos foram localizados, escondidos em meio à mata nos terrenos vistoriados. Em seguida, a guarnição encontrou grande quantidade de maconha no interior do Doblò. Durante a ocorrência, os policiais chegaram até a casa onde os dois abasteceram o veículo. Na residência foram localizados mais fardos de maconha. Durante a diligência, um dos autores disse que foi contratado para deixar o veículo com a droga em um posto de combustível. A dupla então foi presa e encaminhada, junto com a droga, à delegacia de Polícia Civil.

Veja também

Ele também responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais

Últimas notícias