Dono de ferro-velho preso em operação disse que funcionários da obra Reviva Centro venderam grades

No ferro-velho, foram encontrados um tampão de esgoto e três grelhas
| 08/04/2022
- 09:19
Dono de ferro-velho preso em operação disse que funcionários da obra Reviva Centro venderam grades
(Divulgação)

O dono do ferro-velho, preso nessa quinta-feira (7), em mais uma operação contra furtos de materiais metálicos, deflagrada pela guarda-municipal, disse que ‘ganhou’ as grades de proteção das bocas de lobo de funcionários, que trabalhavam na manutenção.

O homem contou que abriu o ferro-velho há cinco meses, e que sempre deixa com um funcionário durante a madrugada o valor de R$ 150, já que no local aparecem constantemente pessoas vendendo objetos metálicos, e que não sabe o valor que o funcionário pagou pelas grelhas, que teriam sido furtadas de obras do Reviva Centro.

Ainda segundo o dono do ferro-velho, quando passava pela região central, alguns funcionários que faziam a manutenção ofereceram grades de proteção das bocas de lobo. Ele então pagou em três grades o valor de R$ 80. O empresário passa por audiência de custódia nesta sexta-feira (8).

Operação

Ao todo, quatro locais de compra de ferros-velhos foram fiscalizados. Dois na região do Bairro Amambai, um no Cabreúva e outro na Vila Nossa Senhora das Graças. Dentre todos os materiais apreendidos, havia 10 grelhas de bueiros, sendo que 5 são do Reviva Centro.

Dois dos conduzidos à delegacia são reincidentes, pois já tinham sido flagrados, no último dia 27 de março, em outra operação do mesmo tipo, na qual quatro foram levados à delegacia pela receptação de fios furtados.

Veja também

Últimas notícias