Depois de bater carro em residência, idoso ‘chupa’ ao invés de assoprar teste do bafômetro

Homem diz que bebeu ‘só duas cervejas’, mas apresentava desordem nas roupas, dificuldade de equilíbrio, fala alterada e odor de álcool no hálito
| 05/08/2022
- 13:19
Depois de bater carro em residência, idoso ‘chupa’ ao invés de assoprar teste do bafômetro
Ilustrativa (Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil)

Um de 69 anos que estava alcoolizado colidiu o carro, modelo Citroen C3, contra a grade de uma casa e a pilastra da varanda na noite desta quinta-feira (4), em . A GMD (Guarda Metropolitana de Dourados) atendeu à ocorrência e solicitou que o mesmo fizesse o teste do bafômetro, mas o condutor começou a chupar o ar e depois se recusou a fazer o teste. O mesmo foi conduzido para a delegacia.

Por volta das 19h, uma viatura da GMD foi acionada para deslocar-se até o bairro Vila Erondina, onde um veículo havia derrubando a grade de uma casa e vindo a colidir no pilar da varanda.

No local, o autor relatou estar dirigindo seu veículo, modelo Citroen C3, quando perdeu a direção do veículo, vindo a colidir primeiramente contra a grade de uma residência, e posteriormente contra um pilar da varanda da casa.

Não havia ninguém na residência no momento do acidente. Foi oferecido o teste do bafômetro ao condutor, ele aceitou. Porém, ao invés de assoprar o ar, o condutor ficava chupando o ar.

Os guardas tentaram realizar o teste várias vezes, até o condutor recusar. Diante da recusa, foi confeccionada uma notificação e um termo de constatação de alteração de capacidade psicomotora.

O homem relatou que bebeu 2 garrafas de cerveja de 600ml, mas apresentava desordem nas roupas, dificuldade de equilíbrio, fala alterada, estava muito falante e com odor de álcool no hálito. O homem foi conduzido para a delegacia de polícia para as devidas providências.

Veja também

Últimas notícias