O corpo de Murilo da Silva Santos, de 19 anos, foi encontrado nesta quarta-feira (30) após ele desaparecer no Rio Dourados, em Fátima do Sul, a 239 quilômetros da Capital, na terça-feira (29). Ele estava a cerca de dois quilômetros da ponte que dá acesso à cidade.

A mãe da vítima esteve no local e foi entregue a ela a corrente que estava no pescoço da vítima. Ela relatou que o filho sofria de epilepsia e acredita que ele possa ter tido uma convulsão antes de cair na água e se afogar.

O corpo não tinha sinais de violência ou qualquer outra lesão, segundo a Polícia Civil. O Corpo de Bombeiros fez a retirada e também foram acionados Perícia e funerária. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

As primeiras informações davam conta de que um grupo de amigos estava na água, na região do Iguassú, antiga Olaria, quando Murilo acabou se afogando e desapareceu. As buscas iniciaram ainda na terça-feira (29), até às 17h40, e continuaram nesta quarta.