Coronel dos Bombeiros preso em Campo Grande já foi denunciado 5 vezes por violência doméstica

Coronel dos Bombeiros tentava impedir ex-mulher de se mudar quando foi detido
| 31/05/2022
- 07:35
Coronel dos Bombeiros preso em Campo Grande já foi denunciado 5 vezes por violência doméstica
(Henrique Arakaki, Midiamax)

O coronel do Corpo de Bombeiros preso nessa segunda-feira (30), em Campo Grande, após descumprir medidas protetivas contra a ex-mulher já tinha sido denunciado cinco vezes por violência doméstica. Em cinco dias, a vítima teria registrado dois boletins de ocorrência contra o militar na Deam ( Especializada de Atendimento à Mulher).

Em junho de 2021, a vítima foi até a Deam por três vezes — nos dias 4, 9 e 29. Foram registrados boletins de ocorrência por ameaça e descumprimento de medida protetiva. Em maio do ano passado, o coronel foi denunciado por lesão corporal dolosa contra a mulher.

Em abril deste ano, a vítima voltou novamente à delegacia para o registro de boletim por injúria. Em um dos episódios, ela foi agredida com puxões de cabelo e apertões, deixando marcas aparentes em seus braços. A violência doméstica teria ocorrido após a mulher flagrar no celular do coronel várias fotos de mulheres seminuas e questioná-lo sobre os fatos. 

Já em julho de 2017, outra ex-mulher do coronel procurou a delegacia para denunciá-lo por injúria. Em depoimento, a vítima contou na época que teve que fazer tratamento psicológico devido aos traumas causados pelo militar, com quem  foi casada por mais de 20 anos. A mulher contou ser agredida verbalmente pelo marido, como também fisicamente. 

Coronel preso

Nesta segunda (30), o militar acabou preso quando tentava impedir a ex-mulher de se mudar. Ele foi interrogado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e encaminhado ao Presídio Militar. Segundo a delegada Sueili Araújo, que atendeu à ocorrência, esta já é a segunda em flagrante do coronel.

Veja também

As mercadorias e o veículo foram apreendidos e encaminhados a Receita Federal

Últimas notícias