Com aplicativo de celular, sistema integrado de informações será usado por guardas municipais

Base de dados integra ocorrências de Campo Grande com outros órgãos de segurança pública do Brasil
| 12/05/2022
- 11:54
Com aplicativo de celular, sistema integrado de informações será usado por guardas municipais
(Foto: Divulgação - GCM)

Foi assinado na manhã desta quinta-feira (12) o termo de cooperação técnica da GCM (Guarda Civil Metropolitana) de Campo Grande com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, que fará da Capital a primeira do Brasil a integrar o Sinesp-CAD, ferramenta de integração no atendimento de forças de segurança do país. Ao todo 10 guardas foram capacitados para ensinar outros agentes de Dourados, Corumbá, Ponta Porã, Ladário e Bonito.

Segundo o secretário de segurança e defesa social, Valério Azambuja, a ferramenta deve começar a ser usada a partir da próxima segunda-feira (9). “O sistema proporciona integração das bases de dados e rapidez nas operações diárias da GCM”, explica.

Na prática, a ferramenta permite que os guardas consultem o banco nacional de informações de trânsito e foragidos da Justiça, além de integrar o atendimento das forças de segurança a outros órgãos. A expectativa é que o de resposta quando haja chamado pela população seja reduzido. O Sinesp-CAD pode ser acessado pelo celular dos agentes, em tempo real.

O sistema já é utilizado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) em 22 estados e no Distrito Federal. Outras instituições de segurança pública em 11 estados também utilizam o Sinesp-CAD. O evento contou com a presença da prefeita Adriane Lopes, que afirmou que "o uso da tecnologia agiliza os e otimiza o atendimento ao cidadão", além de representantes da Polícia Militar do Acre e da Guarda Municipal de Pernambuco.

Veja também

O atirador teria realizado cerca de seis disparos

Últimas notícias