Câmeras são analisadas para 'caçar' assassino de morta com mais de 30 facadas em MS

Laudos sobre possível abuso sexual foram inconclusivos e novos exames serão feitos
| 01/02/2022
- 12:51
Câmeras são analisadas para 'caçar' assassino de morta com mais de 30 facadas em MS

A Dam (Delegacia de Atendimento à Mulher) está analisando as câmeras de segurança de toda a cidade de Nova Andradina, a 297 quilômetros para traçar o trajeto da ciclista Marta Gouveia dos Santos, de 37 anos, assassinada com 30 facadas na cabeça e no pescoço. Ela foi encontrada seminua às margens da MS-134.

Segundo a delegada Daniella de Oliveira Nunes, há algumas linhas de investigação que não podem ser divulgadas para não atrapalhar os trabalhos da polícia. Ainda de acordo com a delegada, todas as câmeras da cidade estão sendo analisadas para traçar o trajeto de Marta.

Os laudos sobre o possível abuso sexual que a ciclista teria sofrido foram inconclusivos e novos exames foram solicitados. Familiares e amigos de Marta já foram ouvidos, mas detalhes dos depoimentos não foram revelados.

A vítima foi assassinada com 30 perfurações no pescoço, sendo 24 nessa área e seis na cabeça. Ela estava nua com as vestes rasgadas, e sua bicicleta foi encontrada distante do corpo. Ainda no local, foi encontrado um molho de chaves da vítima, um dos tênis e a bolsinha vazia, sem o aparelho celular.

Uma amiga de Marta contou que ela enviou mensagem às 5h45 da manhã falando que iria pedalar e que planejava almoçar juntas. “Quando acordei por volta das 7h45, enviei mensagens para ela, mas não foram visualizadas”, disse, ressaltando que Marta estava sem pedalar há uns 15 dias e retornava a praticar o exercício nesse domingo (23).

Familiares e amigos se mobilizaram a procura dela pelo trajeto que sempre tinha costume de fazer. Um casal de amigos que estava nas buscas acabou encontrando a vítima morta e acionou a Polícia Militar. 

Veja também

Últimas notícias