Apaixonado por velocross, amigos e familiares se despedem de Kaio, morto a facadas ao separar briga

| 22/04/2022
- 14:49
Apaixonado por velocross, amigos e familiares se despedem de Kaio, morto a facadas ao separar briga
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Nas redes sociais, amigos e familiares de Kaio Carlos de Ávila, de 22 anos, lamentaram a repentina e trágica do jovem, que era apaixonado por velocross. Ele foi atingido a facadas ao tentar separar uma briga na noite dessa quinta-feira (21) em Anastácio, cidade a 134 quilômetros da Capital.

“Hoje se vai mais uma estrela brilhar no céu. Até agora não estou acreditando, como pode um menino tão novo, legal e gente boa ir tão cedo? (sic)”, questionou um amigo do jovem ao postar uma foto em homenagem, no .

“Sua passagem foi rápida mas será recordada. Irei sempre me recordar de tudo o que vivemos”, comentou outro amigo. Sem acreditar na morte de Kaio, um colega comentou no Facebook que “a vida é um sopro” e lembrou de ter visto o jovem horas antes da morte. “Ter vi hoje, irmão... Vai ficar nossas lembranças na minha memória (sic)”, finalizou.

Tia de Kaio lembrou que o jovem amava velocross e resumiu a morte dele como tragédia. “Meu sobrinho querido Kaio Carlos dos olhos azuis, tão cheio de vida e trabalhador”, lamentou.

Uma amiga disse ter acordado com a notícia da morte de Kaio e resumiu o sentimento dizendo que “o coração acordou triste”. “Tenho certeza que Ele estava precisando de você lá no céu”, afirmou se referindo à Deus. Outra amiga questionou o motivo dele ter sido assassinado, ainda não revelado pelas investigações.

“Pra que tanta maldade, acabar com uma vida assim do nada? Um jovem que sempre nos atendia bem na oficina. Que a justiça seja feita (sic)”, questionou uma colega e cliente do local de trabalho de Kaio, que tinha uma oficina de motos junto ao pai. Uma das pilotos que velocross postou vídeo em que o jovem fazia treinamentos.

Assassinado a facadas

O crime aconteceu na noite da última quinta-feira (21) no cruzamento da Avenida da Integração com a rua Coronel Ponce, em Anastácio. Testemunhas relataram que Kaio chegou ao local com um amigo em uma caminhonete F-250 e, em seguida, parou no cruzamento, um veículo Fiat Uno.

Segundo informações do O Pantaneiro, uma discussão começou entre os ocupantes dos veículos e Kaio acabou atingido por golpes de faca. O rapaz não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Uma segunda versão sobre o crime também está circulando na cidade. Kaio estaria comendo cachorro-quente com familiares, quando tentou separar uma briga e acabou atingido por uma facada no pescoço. Suspeito do crime não foi preso.

Veja também

Bandidos teriam ainda feito a mulher gravar um vídeo pedindo socorro e enviaram para a filha na intenção de conseguir mais dinheiro

Últimas notícias