Moradores da região do Leblon, em , relataram que toda semana ocorrem brigas na tabacaria onde aconteceu a confusão com e facadas, durante a madrugada desta sexta-feira (7). Duas pessoas ficaram feridas, sendo uma com tiros e outra com facadas.

Uma moradora, que não quis se identificar, disse que acordou por volta das 3 horas da madrugada com o barulho dos tiros. Ela ainda falou que saiu no portão para ver o que estava acontecendo quando viu várias pessoas na rua brigando.

Mas, em seguida, entrou com medo dos tiros, “às vezes atiram e é perigoso acertar a gente”, disse. Ela disse que antes a muito alta era um problema, depois de muita briga com os moradores, o proprietário fez o isolamento acústico.

Outra moradora disse já ter sido ameaçada pelo dono do estabelecimento. Ela também relatou ter acordado com o barulho dos tiros. “Todo fim de semana sai briga, mas nem dá para ver porque pode levar tiro”, falou. 

Arma apreendida com um dos autores (Divulgação PM)

A confusão

A briga aconteceu por volta das 4 horas na tabacaria. Informações são de que o autor estava armado e deu tiros para cima. Uma das vítimas foi em direção a ele que, então, disparou contra o rapaz. O jovem foi socorrido e encaminhado para o Hospital Regional.  

Já o rapaz de 19 anos contou para os policiais que se envolveu na briga e um grupo o perseguiu pela Avenida Manoel Joaquim de Moraes. Ele estava na sua motocicleta e acabou alcançado pelo grupo que o espancou com socos, chutes e o esfaqueou no rosto. Para fugir, ele correu para dentro da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Leblon, sendo socorrido por do local. A vítima não corre risco de morte.