Polícia

Vítima de roubo diz que foi obrigada a ir até cartório transferir veículo para bandidos

Os dois permaneceram ao lado da mulher a todo momento

Renata Portela Publicado em 14/06/2021, às 18h01

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - (Arquivo, Midiamax)

Nesta segunda-feira (14), mulher de 44 anos procurou a Polícia Civil em Campo Grande para denunciar que foi vítima de roubo. Ela teve o carro levado por dois bandidos, que ainda levaram a mulher até um cartório na região central para transferir a propriedade do veículo para outra pessoa.

Segundo o relato da vítima, ela saía de uma loja quando foi abordada pelos dois homens. Os dois suspeitos entraram no carro dela, um HB20 branco e um sacou um revólver, apontando para a vítima. Ele exigiu que ela fosse até o cartório na Cândido Mariano e a vítima dirigiu até o local.

No cartório, os dois suspeitos permaneceram ao lado da vítima e ela afirma que ficou muito nervosa, mas que ninguém percebeu a ação dos bandidos. Ela teria assinado um documento para transferência do veículo para outra pessoa e reconheceu firma.

Após o procedimento os suspeitos foram embora com o veículo e a vítima ficou no local. A mulher alega que os dois aparentavam ter 45 e 55 anos, sendo que o mais velho vestia calça social, era branco, alto e magro. Já o outro também era branco, vestia calça jeans e camiseta verde clara.

Ainda segundo a vítima, ela estava muito nervosa e não viu se eles colocaram algum nome no recibo do carro. Ela acredita que câmeras do cartório possam ter filmado a ação. O caso foi registrado na 2ª Delegacia como roubo majorado pelo emprego de arma e pelo concurso de pessoas.

Jornal Midiamax