Polícia

Morre na Santa Casa homem que estava em coma após ser espancado pelo atual da ex

Autor do crime seria o atual da ex-mulher da vítima

Renata Portela Publicado em 28/12/2021, às 08h41

Isaías não resistiu aos ferimentos
Isaías não resistiu aos ferimentos - (Arquivo Pessoal)

Morreu na noite de segunda-feira (27) Isaías Belchior Pinto, de 46 anos, que estava internado em estado grave na Santa Casa de Campo Grande, vítima de espancamento. O crime aconteceu na noite do dia 23, em Palmeiras, distrito de Dois Irmãos do Buriti, e o autor é apontado como sendo o atual da ex-mulher de Isaías.

Conforme a Santa Casa, Isaías deu entrada no hospital já em coma, entubado e instável. Ele foi avaliado pela equipe de neurocirurgia por conta de um traumatismo cranioencefálico grave e permaneceu internado, com dreno no tórax. A vítima permaneceu no CTI (Centro de Terapia Intensiva), mas acabou falecendo após uma parada cardiorrespiratória.

Segundo a família, não há novidades sobre o crime ou sobre prisão do autor.

Entenda o caso

Segundo relato do irmão, eles são moradores no distrito de Palmeiras, a aproximadamente 115 quilômetros de Campo Grande. Na manhã do dia 24 ele recebeu uma ligação informando que Isaías sofreu um acidente e estava grave e que seria transferido para a Santa Casa.

No entanto, no dia 25 o irmão foi até o distrito e descobriu que Isaías tinha sido agredido por dois homens. O relato era de que ele foi até o bar onde a ex-mulher trabalha na noite do dia 23, e ela inclusive teria mandado mensagens para familiares do ex, relatando que ele a estava perturbando.

O atual da ex-mulher de Isaías, junto com outro suspeito, teria espancado a vítima, que foi encontrada caída na rua com sangramento no rosto. O caso deve ser investigado como homicídio simples.

Jornal Midiamax