Polícia

Vigiada e perseguida, mulher procura delegacia após ex cobrar mais de R$ 100 mil para deixá-la em paz

Homem que está de tornozeleira eletrônica colocou um ‘olheiro’ para vigiar a casa da vítima

Thatiana Melo Publicado em 25/06/2021, às 06h18

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Depois de ser perseguida e ‘fechada’ no trânsito pelo ex-namorado de 50 anos, uma mulher de 48 anos procurou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) nesta quinta-feira (24) ao sofrer extorsão pelo autor que exigiu dinheiro para parar de persegui-lá, como também deixar seus filhos em paz.

Na delegacia, ela contou que manteve um relacionamento por dois anos com o homem e que após o término, o homem passou a persegui-la e exigir dinheiro afirmando que manteve uma relação estável com ela, por isso, tinha direitos a ressarcimento.

Ela ainda disse que logo após o término do relacionamento acabou passando para o ex o valor de R$ 112 mil mais uma camionete, mas ele passou a exigir uma pensão dela por conta do fim do namoro. No dia 17 deste mês, ele a perseguiu e ‘fechou’ o seu carro dizendo querer mais dinheiro e fazendo ameaças de morte a vítima. 

A mulher também relatou que, o autor teria colocado outra pessoa para vigia-la. A vítima tem medida protetiva contra o homem que nesta quinta (24) colocou tornozeleira eletrônica. 

Jornal Midiamax