Polícia

Vendedor que estuprou e matou idosa de 76 anos é condenado a 38 anos de prisão

Matou idosa de 76 anos com socos provocando asfixia mecânica

Thatiana Melo Publicado em 22/07/2021, às 09h40

None
(Arquivo)

Foi condenado a 38 anos de prisão um vendedor, de 26 anos, que matou e estuprou, uma idosa de 76 anos com socos e espancou a irmã da vítima, de 68 anos, durante uma invasão a uma residência em Aparecida do Taboado, a 457 quilômetros de Campo Grande.

A sentença foi publicada no Diário da Justiça desta quinta-feira (22). A decisão diz que o vendedor foi condenado a 38 anos, 1 mês e 15 dias de reclusão, e pagamento de 84 dias-multa, em regime fechado, podendo recorrer preso.

O crime aconteceu em junho de 2020, quando o autor invadiu a casa para roubar. Dentro da residência, ele passou a agredir Maria Aparecida Pereira, de 76 anos, com socos em seu tórax o que causou lesões e morte por asfixia mecânica. Durante o roubo, ele teria dito às vítimas, "ou o dinheiro, ou a vida". A idosa também foi estuprada pelo autor.

Após isso, ele passou a agredir a irmã da vítima com socos. Ele tentou levar da casa uma corrente dourada, avaliada em R$ 70, além da quantia de R$120 em dinheiro. Quando preso, estava embriagado, agitado e agressivo.

Jornal Midiamax