Polícia

Três são presos por estupro e tentativa de feminicídio durante operação contra violência doméstica

Um deles é acusado de estuprar criança de 7 anos no último domingo (23)

Danielle Errobidarte Publicado em 27/05/2021, às 17h01

Autores ficarão presos e responderão por estupro e tentativa de feminicídio.
Autores ficarão presos e responderão por estupro e tentativa de feminicídio. - (Foto: Reprodução/ Idest)

Durante esta quinta-feira (27), três homens foram presos nas cidades de São Gabriel do Oeste, Camapuã e Rio Negro pelos crimes de estupro, tentativa de feminicídio e roubo, durante operação da DPI (Delegacia de Polícia do Interior) contra crimes de violência doméstica. Ao todo 12 delegacias do interior de Mato Grosso do Sul realizam ações conjuntas.

Conforme apurado pelo Idest, o primeiro mandado de prisão foi cumprido em São Gabriel do Oeste, distante 133 km da Capital, contra um homem de 38 anos. Ele era procurado por tentativa de feminicídio desde 2009, na cidade de Rio Verde.

Segundo o delegado Fábio da Silva Magalhães, responsável pelas três delegacias, o autor agrediu a esposa por acreditar que estava sendo traído. Em seguida, ateou fogo na residência onde moravam, com a vítima dentro. Ela sobreviveu e ele estava foragido desde então.

A segunda prisão foi feita em Rio Negro, a 163 km de Campo Grande. O preso, de 49 anos, é investigado por estupro de vulnerável contra uma criança de sete anos, cometido no último domingo (23).

O terceiro preso, de 53 anos, foi localizado em Camapuã, a 135 km da Capital, acusado de estupro e roubo. Ele estava evadido do sistema prisional e foi encontrado no distrito de Pontinha do Cocho.

Operação em conjunto

A Operação ocorre desde segunda-feira (24) e visa cumprir mandados de prisão e busca e apreensão para apurar infrações penais, principalmente com indícios de uso de arma de fogo. Nos casos de descumprimento de medidas protetivas, foram realizadas representações pela prisão preventiva dos suspeitos.

Os resultados de todas as cidades participantes serão divulgados nesta sexta-feira (28). Em Dourados foram cumpridos outros 10 mandados de prisão.

Jornal Midiamax