Polícia

Traficante que deixou carro lotado de maconha em transportadora vai ficar preso

Ele tem extensa ficha criminal e também várias fugas

Renata Portela Publicado em 12/04/2021, às 17h34

Droga foi apreendida no veículo
Droga foi apreendida no veículo - (Divulgação, Batalhão de Choque)

Passou por audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (12), o homem de 36 anos, preso na noite da última sexta-feira (9) por tráfico de drogas no Jardim Noroeste. Com várias passagens e também várias fugas na ficha criminal, ele teve prisão preventiva decretada.

Na audiência de custódia, o juiz Alexandre Antunes da Silva pontuou que não foi concedida fiança pelo delegado plantonista, que inclusive representou pela prisão preventiva do acusado. Pela natureza do crime, em se tratando de tráfico e da apreensão de 79 quilos de maconha, com os maus antecedentes, sem trabalho lícito ou residência fixa, foi determinada a prisão preventiva.

Conforme o magistrado, nessas condições não é recomendável a concessão de medida cautelar mais branda. Pela ficha criminal do preso, é possível identificar que ele tem passagens desde 2003, inclusive constam pelo menos 4 fugas e recapturas do Sistema Prisional.

Prisão em flagrante

Conforme as informações do registro policial, equipe do Batalhão de Choque fazia rondas no Jardim Noroeste quando percebeu o HB20 cinza em atitude suspeita. O motorista fugiu em alta velocidade ao notar a presença policial e foi feito acompanhamento, mas o suspeito sumiu com o carro pelo bairro.

Minutos depois, os militares viram funcionários da transportadora acenando, informando que o HB20 tinha entrado bruscamente no pátio. Além disso, revelaram que o homem saiu apressado e deixou o veículo para ser transportado. Os funcionários desconfiaram e pediram para o suspeito tirar o carro do local, mas ele correu.

Assim, um funcionário acompanhou o homem e acenou para os policiais militares, indicando algo. Ele então mostrou a casa onde o suspeito tinha pulado o muro e foi feito um cerco no quarteirão. O autor ainda pulou muros de três casas e em uma delas ficou enroscado na cerca de concertina, cortando o braço.

Preso em flagrante, ele foi levado ao posto de saúde, onde levou pontos no braço. Foram apreendidos os 79 quilos de maconha, que estavam escondidos dentro das portas, bancos e compartimentos internos do carro. Na delegacia, acompanhado de advogada, o suspeito ainda tentou alegar que tinha sido agredido por funcionário da empresa.

Ele responderá por receptação, já que o carro era roubado, e também tráfico de drogas.

Jornal Midiamax