Polícia

Trabalhador de MS morre após cortar a perna com faca que carregava ao pular muro

Rapaz de 20 anos trabalhava na Fazenda Campo Alto, na região do Paiaguás

Renata Volpe Publicado em 26/12/2021, às 10h42

Cleber tinha apenas 20 anos
Cleber tinha apenas 20 anos - Diário Corumbaense, Arquivo Pessoal

Trabalhador rural identificado como Cleber de Lima Belardo, de 20 anos, morreu após se ferir com uma faca na propriedade rural em que trabalhava, Fazenda Campo Alto, na região do Paiaguás, em Corumbá, na tarde do último sábado (25). 

O proprietário da fazenda, Valdir Oliveira deu entrevista ao jornal Diário Corumbaense e contou como aconteceu a fatalidade. “Ele estava almoçando, quando foi pegar algo que estava na casa e não quis passar pela porta que fica ao lado, vindo a pular o muro, para entrar. A faca, que estava na cintura, no momento em que ele pulou, entrou na perna dele, na parte da coxa”, lembrou.

Os outros funcionários da fazenda amarraram o ferimento e tentaram deslocar Cleber de avião para um hospital mais próximo, mas ele não resistiu.

Cleber estava trabalhando na fazenda há apenas 20 dias. “Não tinha inimizade com ninguém, era um rapaz que estava aprendendo a lida no campo, tinha maior amizade com todo mundo”, lamentou Valdir.

“O corpo vai seguir para Aquidauana, de onde ele e a família, que já foi avisada, são”, disse o dono da fazenda.

Jornal Midiamax