Polícia

Sogro que estuprou irmã de nora ganha liberdade em Campo Grande

Deverá manter distância das vítimas por 300 metros

Thatiana Melo Publicado em 14/09/2021, às 11h19

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

O homem de 55 anos que foi preso na noite de domingo (12), em Campo Grande após estuprar uma mulher de 28 anos, irmã de sua nora ganhou a liberdade em audiência de custódia nesta terça-feira (14).

Foi determinado que o homem deve manter uma distância de 300 metros das vítimas, além de recolhimento noturno das 20 horas às 6 da manhã. Durante a sua prisão foi percebido pelos policiais que ele estava embriagado.

A jovem de 25 anos contou que ouviu os gritos da irmã, de 28 anos, que estava dormindo no sofá. Ela estava no quarto com o namorado e ao sair viu o autor em cima de sua irmã. Quando foi para ajudar, o homem, que estava armado com uma faca, foi para cima dela tentando desferir golpes.

Ele disse mataria às duas mulheres, que conseguiram correr para fora da casa pedindo ajuda. A polícia foi acionada e encontrou o homem bêbado e inconformado de estar sendo preso dentro da sua casa. Ele permanece em silêncio na delegacia.

O crime aconteceu por volta das 17 horas de domingo (12). Segundo informações passadas ao Jornal Midiamax, às duas irmãs foram a uma festa junto do namorado de uma delas, quando resolveram ir para a casa do rapaz para descansar.

A jovem, de 25 anos, teria ido para o quarto junto do namorado e a irmã, de 28 anos, ficou dormindo no sofá. A vítima acordou sem roupas e com o sogro da irmã em cima dela. Ela começou a gritar por socorro e a irmã saiu do quarto para defendê-la.

Durante a confusão, o autor passou as mãos nas partes íntimas da nora. Às duas mulheres correram para fora da residência pedindo por socorro. A polícia foi acionada e o homem acabou preso.

Jornal Midiamax