Polícia

Proprietário rural é multado em R$ 5 mil por degradação de área de preservação

O infrator realizou a construção de drenos

Diego Alves Publicado em 03/12/2021, às 19h56

Divulgação PMA
Divulgação PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um proprietário rural em R$ 5 mil por degradação de área de preservação permanente na zona rural de Dourados, cidade a 229 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a polícia, duante vistoria em uma propriedade rural do município, policiais ambientais autuaram o dono da propriedade rural, localizado em Fátima do Sul, por degradações ambientais em área de preservação permanente de nascentes, bem como de vegetação da reserva legal da propriedade. O infrator realizou a construção de drenos para canalizar água para o seu imóvel, sem autorização ambiental.

De acordo com a polícia, o Infrator de 39 anos, residente em Fátima do Sul, informou que a propriedade era herança do seu pai, que havia falecido recentemente e, não possuía licença ambiental para as atividades, que foram paralisadas pelos Policiais. O homem foi multado administrativamente em R$ 5 mil e responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente , cuja pena é de um a três anos de detenção. O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada , junto ao órgão ambiental.

Jornal Midiamax