Polícia

Preso por mostrar órgão genital para passageira em ônibus vai continuar na cadeia

O homem foi detido por passageiros que estavam no coletivo

Thatiana Melo Publicado em 30/09/2021, às 09h37

None
(Reprodução)

O homem que acabou preso na quarta-feira (29), no bairro Vila Progresso, em Campo Grande, após mostrar o órgão genital para uma passageira no transporte coletivo teve a prisão preventiva decretada nesta quinta-feira (30).

Ele passou por audiência de custódia e teve a prisão convertida pela Justiça. A prisão aconteceu depois que o autor, que estava no coletivo que faz a linha 061, sentido Morenão/Centro, tirou para fora das calças o órgão genital, mostrando para uma jovem que estava no coletivo. A vítima entrou em pânico.

Todos que estavam dentro do coletivo ficaram revoltados. Alguns passageiros e o motorista seguraram o autor até a chegada da polícia. A vítima e o homem foram encaminhados para a Deam. 

Importunação sexual é crime

O crime de importunação sexual é caracterizado pela realização de ato libidinoso na presença de alguém e sem sua anuência. O caso mais comum é o assédio sofrido por mulheres em meios de transporte coletivo, como ônibus e metrô. Antes, isso era considerado apenas uma contravenção penal, com pena de multa. Agora, quem praticá-lo poderá pegar de 1 a 5 anos de prisão.

Jornal Midiamax