Polícia

Populares socorrem mulher espancada com chutes nas costas e arrastada por marido na rua

Populares socorreram uma mulher de 30 anhos, durante a madrugada desta quinta-feira (28), em Campo Grande no bairro Iracy Coelho Neto quando ela era espancada pelo marido de 33 anos. O casal estava junto há 10 anos e com três filhos. As agressões começaram por volta da 1 hora da madrugada desta quinta (28). Ela […]

Thatiana Melo Publicado em 28/01/2021, às 06h09 - Atualizado às 07h01

Ela tinha ferimentos pelo corpo todo (Ilustrativa)
Ela tinha ferimentos pelo corpo todo (Ilustrativa) - Ela tinha ferimentos pelo corpo todo (Ilustrativa)

Populares socorreram uma mulher de 30 anhos, durante a madrugada desta quinta-feira (28), em Campo Grande no bairro Iracy Coelho Neto quando ela era espancada pelo marido de 33 anos. O casal estava junto há 10 anos e com três filhos.

As agressões começaram por volta da 1 hora da madrugada desta quinta (28). Ela contou que estava em sua lanchonete quando começou uma discussão com o marido e ele teria dito que não ficaria mais casado. O homem teria falado para a esposa ir para casa e arrumar suas coisas, já que ele deixaria a residência.

Quando estava indo para casa, ele tomou o celular de sua mão e disse que ficaria com o aparelho. Já em sua residência, a mulher foi abrir o portão para o homem e foi surpreendida pelo autor que a derrubou no chão e passou a agredi-la com chutes nas costas e barriga a deixando sem fôlego.

Ela conseguiu correr para a rua, mas foi perseguida e arrastada pelos cabelos no meio da rua pelo marido que tentava força-la a entrar novamente na residência. A mulher começou a gritar por socorro e três homens apareceram na frente de sua casa e a socorreram.

Uma viatura da polícia que fazia rondas na região encontrou a vítima, com vários hematomas. Quando voltou para casa encontrou a residência trancada pelo autor, que fugiu. Ela disse aos militares temer pela sua vida, já que o marido tem três revólveres guardados.

Jornal Midiamax