Polícia

Polícia prende dois autores de violência doméstica e um deles possuía mandado de prisão

Uma das vítimas disse que estacionou no acostamento da rodovia para que ele parasse com a violência

Diego Alves Publicado em 20/09/2021, às 21h46

Divulgação, PM
Divulgação, PM

A Polícia Militar em Aparecida do Taboado levou para cadeia dois homens que agrediram suas esposas neste domingo (19). Por volta das 05 horas, uma mulher compareceu assustada no quartel, disse que seu marido havia ingerido bebida alcoólica e que ele passou a agredi-la verbalmente e danificar o interior do seu carro quando voltavam da cidade de Santa Fé do Sul .

A mulher disse que estacionou no acostamento da rodovia para que ele parasse com a violência, mas ele a empurrou bruscamente e causou uma lesão em sua na perna. Continuo então o percurso e as agressões verbais e danos no veículo continuaram até ela parar na Avenida da Saudade, em Aparecida o Taboado, onde ele desceu e continuo a quebrar a parte externa do veículo.

A vítima disse que conseguiu fugir no carro até a casa de sua mãe, mas o indivíduo a seguiu até lá em um taxi e continuou a discutir e jogar pedras no carro, então, ela fugiu até o quartel da Polícia Militar. Após os relatos, os policiais diligenciaram e conseguiram localizar o autor na casa da vítima, sendo encontrado no sistema policial um mandado de prisão contra ele. O homem de 24 anos foi preso e levado para a delegacia de Polícia Civil e a vítima para atendimento médico na Santa Casa local.

A outra prisão aconteceu, por volta das 18h30, em uma residência localizada na Rua Joaquim Silva, onde a solicitante informou aos policiais que ao negar um pedido de seu marido em tomar banho com ele, seu comportamento se alterou e ele bastante agressivo disse que botaria fogo na casa e mataria todos queimados. A vítima disse que tentou fechar a porta da sala da casa, mas seu marido a quebrou com socos e chutes e tal ato provou lesão no ombro esquerdo dela. Ele também a agrediu com socos no peito e a agarrou pelo braço esquerdo, torcendo até ela reclamar de dor.

Os policiais encontraram o homem de 19 anos totalmente transtornado, o qual se negou a obedecer as ordens legais e foi necessários que eles utilizassem a força moderada pra prendê-lo e entrega-lo na delegacia.

Jornal Midiamax