Polícia

Polícia 'estoura' lava jato  na fronteira que estocava cocaína para facções criminosas do Brasil

O comercio de fachada funcionava em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, no MS

Marcos Morandi Publicado em 17/04/2021, às 11h28

No local foram encontrados mais de 10 quilos de cocaína
No local foram encontrados mais de 10 quilos de cocaína - Senad/Divulgação

Agentes especiais da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) conseguiram desarticular na manhã deste sábado (16), um lava jato de fachada,  que funcionava como entreposto de drogas em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso Sul.

Na estabelecimento localizada no Bairro General Genes, os investigadores da Senad  encontraram 10 quilos  e 683 gramas de cloridrato de cocaína e um pacote de maconha. Duas pessoas que estavam no local, identificadas como Oscar Agustin Sanabria Pedrozo e Edison Gervácio Isaurralde foram presas.

Durante a operação acompanhada pelo promotor Celso Morales, além das drogas,  foram apreendidos dois veículos encontrados no local, que segundo a Senad,  servia como ponto de "resfriamento ou coleta" de drogas para posterior venda a facções criminosas no Brasil.

Jornal Midiamax