Para tentar burlar piracema, pescadores se arriscam na pesca de madrugada em MS

A PMA (Polícia Militar Ambiental) flagrou, nesta sexta-feira (8), quatro pescadores com canoas e o petrechos ilegais, no Rio Aquidauana, a 145 quilômetros de Campo Grande. Tentando burlar a fiscalização, pescadores estão se arriscando pescar durante a madrugada em rios do Mato Grosso do Sul. A polícia explica que a fiscalização foi intensificada durante a […]
| 08/01/2021
- 21:50
Para tentar burlar piracema, pescadores se arriscam na pesca de madrugada em MS
(Foto: Divulgação/PMA) - (Foto: Divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) flagrou, nesta sexta-feira (8), quatro pescadores com canoas e o petrechos ilegais, no , a 145 quilômetros de Campo Grande. Tentando burlar a fiscalização, pescadores estão se arriscando pescar durante a madrugada em rios do Mato Grosso do Sul.

A polícia explica que a fiscalização foi intensificada durante a madrugada por conta o risco de dos infratores no período proibido. O horário seria ideal como tentativa de evitar denuncias e facilitar a fuga na escuridão.

Por volta das 2h de hoje, a PMA realizava rondas as margens do rio e encontrou os infratores pescando na região conhecida como Ilha do Pescador. Eles pularam no rio quando viram a equipe e conseguiram fugir pela mata, abandonando as canoas.

Os pescadores não foram localizados, mas os apetrechos apreendidos, sendo duas canoas de madeira de 5,5 metros e redes de pesca. A polícia está identificando as embarcações para tentar identificar os suspeitos.

Caso sejam encontrados responderão por crime. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Também serão multados administrativamente. A multa mínima é de R$ 700,00 e pode chegar a R$ 100 mil.

Veja também

Últimas notícias