Polícia

Pai é procurado após estuprar e engravidar adolescente de 15 anos em cidade de MS

Pai dava remédios para menina dormir e poder estuprá-la

Thatiana Melo Publicado em 07/05/2021, às 12h09

None
(Ilustrativa)

A Justiça procura por um motorista de transporte rodoviário de 45 anos, que está foragido após estuprar a filha sistematicamente por cinco anos e engravidá-la aos 15 anos. Pai e filha moravam em uma cidade ao leste do Estado.

Os abusos começaram quando a menina tinha 10 anos e morava com o pai, já que a mãe seria dependente de drogas. A adolescente contou que no começo dos abusos, o pai passava as mãos em seu corpo, nas partes íntimas dela e falava para ela não se assustar, pois seria uma conduta normal.

Quando a menina completou 13 anos, o autor passou a manter conjunção carnal com a filha. Ele dava remédios para ela dormir e poder, assim, estuprá-la. A vítima ainda relatou que no período de férias entre o primeiro e segundo ano do ensino médio, sua família se mudou para um a fazenda sendo nessa época que acabou engravidando do pai.

Como a bebê nasceu prematura, a vítima teve de focar por dois meses em Campo Grande. Após retornar para sua cidade, passou a se relacionar com seu atual marido e ele passou a pressioná-la para saber quem seria o pai de sua filha. Foi então que a mulher contou sobre os estupros sofridos pelo pai.

Ela disse ainda que era ameaçada pelo pai que falava que se ela contasse para alguém sobre os abusos iria destruir sua vida, pois diria a todos que a culpa era dela. A denúncia do crime foi feita pela mãe da vítima em 2019. Logo após isso, o autor fugiu e um mandado de prisão em aberto contra o homem, que se encontra foragido.

Jornal Midiamax