Polícia

No dia em que MS chega a 300 mil casos de Covid-19, bar é lacrado por festa com 300 pessoas

Fiscalização flagrou dois estabelecimentos lotados neste sábado

Imagem aérea mostra aglomeração com cerca de 300 pessoas no local
Imagem aérea mostra aglomeração com cerca de 300 pessoas no local - Divulgação

A Vigilância Sanitária de Campo Grande lacrou um bar no último sábado (5) que realizava festa com aproximadamente 300 pessoas em Campo Grande. Nesse mesmo dia, Mato Grosso do Sul atingiu a marca dos 300 mil casos de coronavírus (Covid-19) e chegou ao total de 41 mortes pela doença em apenas 24 horas.

O Rota Acústica, onde ocorreu o evento, fica no Jardim Veraneio. A fiscalização teve início por volta das 18h40, em uma ação conjunta envolvendo a GCM (Guarda Civil Metropolitana), a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), a Vigilância Sanitária e Agetran (Agência Municipal de Trânsito). 

A partir de denúncia via número 153, as equipes foram ao local e constataram as irregularidades. Neste sentido, o estabelecimento foi lacrado conforme termo de interdição nº 2228. Em outro endereço, na Rua Paraíba, as equipes flagraram situação semelhante. 

Lá, aproximadamente 80 pessoas estavam aglomeradas, motivo pelo qual o imóvel também foi lacrado. Todos os responsáveis foram identificados e vão responder por infringir medidas decretadas como forma de conter o avanço da pandemia. 

A situação é tão grave em Mato Grosso do Sul, que não há mais leitos em UTI (Unidade de Terapia Intensiva), motivo pelo qual pacientes têm sido transferidos para outros estados, dentre os quais o Pernambuco, como foi no caso de um morador de São Gabriel do Oeste.

Jornal Midiamax