Polícia

Não resistiu às queimaduras: menino de 3 anos teria jogado gasolina em fogão a lenha aceso

Polícia Civil investiga o caso e registrou boletim de ocorrência de 'morte a esclarecer'

Renan Nucci Publicado em 06/05/2021, às 16h00

Fogão onde a vítima teria se acidentado
Fogão onde a vítima teria se acidentado - MS Todo Dia

O menino de três anos que morreu após sofrer queimaduras durante acidente doméstico ocorrido na quarta-feira (05), na zona rural de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, teria jogado gasolina em um fogão a lenha aceso enquanto brincava. Ao menos é o que consta no boletim de ocorrência de morte a esclarecer redigido pela Polícia Civil.

De acordo com o registro, a Fundação Hospitalar acionou a polícia relatando que havia dando entrada naquela unidade uma criança já em óbito, com várias queimaduras pelo corpo. Os investigadores foram ao local e conversaram com a mãe. Ela infomrou que vive com a família em uma fazenda da região e, como o gás de cozinha havia acabado, estava usado o fogão a lenha para preparar as refeições.

Por este motivo, mantinha certa quantidade de gasolina armazenada em um vasilhame, usada para acender o fogo. A mulher afirma que não estava por perto no momento do acidente, mas acredita que o filho, durante uma brincadeira, teria derramado gasolina sobre o fogão. Para ela, o combustível acabou caindo sobre a roupa dele e, quando houve a combustão, o garotinho foi atingido.

O irmão mais velho estava por perto e pediu ajuda à mãe, que inicialmente tentou apagar o fogo com as próprias mãos e, em seguida, jogou água. No entanto, a criança não resistiu aos ferimentos. Uma equipe da Polícia Civil esteve na residência, junto com o Conselho Tutelar, e aguarda o resultado da perícia para confirmar as versões apresentadas por enquanto.

Jornal Midiamax