Equipes do 1º Batalhão de Polícia Militar receberam denúncia de um dos comerciantes da região da antiga rodoviária, que possuem acesso ao sistema de monitoramento Cidadão Integrado, a respeito de uma mulher que estaria se passando por moradora de rua, porém, estava comercializando drogas.

De acordo com a polícia, diante dos fatos mencionados pelo denunciante a guarnição policial militar realizou rondas na região tentando localizar a possível autora, a mulher foi localizada e de imediato a guarnição realizou a abordagem e a busca pessoal, em seguida foi feita a busca no interior da bolsa, sendo localizado um aparelho celular marca Sansung – Modelo A20 com a foto de um homem na tela. Foi perguntado a mulher sobre a origem do aparelho celular, no primeiro momento ela disse que o aparelho seria de seu filho e que o mesmo viria pega-lo durante o dia.

Indagada novamente sobre como seriam as características físicas do seu filho, a suspeita entrou em contradição, e passou a afirmar que na realidade o aparelho seria de um homem desconhecido que emprestou o celular para que ela ligasse para um de seus filhos.

A guarnição, instantes antes de realizar a abordagem na suspeita, visualizou um homem com as características do rapaz da foto na tela do aparelho celular, no momento da abordagem, a equipe policial avistou o cidadão a poucos metros, foi então que a equipe chamou o mesmo para que se aproximasse da abordagem, onde este também foi submetido à busca pessoal, sendo localizado no bolso de trás de sua calça a quantia de R$ 49,40 (quarenta e nove reais e quarenta centavos), e no bolso da frente da calça foi localizado um invólucro de substância análoga a maconha que pesou 1,90 gramas conforme laudo 83/2021 e recibo 55/2021 da DENAR.

Em ato contínuo a equipe apresentou o aparelho celular encontrado com mulher ao rapaz e este de pronto reconheceu como sendo seu. Foi perguntado ao abordado porque a suspeita estava com o seu aparelho celular, ele respondeu que no começo da manhã de hoje foi até o local comprar drogas da suspeita, como o mesmo estava sem dinheiro deixou seu celular com ela e pegou a quantia de R$ 50,00 (cinquenta reais) de maconha, e disse a suspeita que no final da manhã traria o dinheiro e pegaria de volta o seu celular, inclusive afirmou que o valor localizado em seu bolso seria para isso.

Foi perguntado ao rapaz sobre a droga encontrada em seu bolso, ele disse que foi o que sobrou da droga que havia comprado no início da manhã com a suspeita. Ambos foram checados via sistema SIGO, onde constou diversas passagens da mulher pelos mais variados crimes como receptação, roubo e cinco passagens por tráfico de drogas.

Diante do exposto ambos foram encaminhados para a delegacia competente para maiores esclarecimentos e procedimentos cabíveis.