Polícia

Motorista de aplicativo tem celular invadido ao receber mensagem que seria de Embaixada americana

Mensagem dizia que ela deveria fornecer dados pessoais para transportar passageiro

Danielle Errobidarte Publicado em 26/05/2021, às 15h04

None
(Foto: Ilustrativa/ Leonardo de França - Arquivo Midiamax)

Motorista de aplicativo, de 56 anos, teve o celular invadido e perdeu o acesso à plataforma quando faria o transporte de um passageiro, suposto membro da Embaixada norte-americana, na manhã desta quarta-feira (26), em Campo Grande. Ela relatou à polícia que acredita que uma terceira pessoa esteja usando sua licença no aplicativo.

Conforme o boletim de ocorrência, registrado pela motorista, ela recebeu uma chamada para corrida na Rua 14 de julho, por volta das 9h. Chegando ao local, relatou ter recebido uma mensagem no próprio aplicativo dizendo “você vai transportar um representante da Embaixada americana, forneça seu telefone, nome completo e e-mail”.

Ainda conforme a mulher, a mensagem se repetia várias vezes, e o valor da corrida seria de R$ 300, mas não tinha o destino indicado. Em seguida, ela teria recebido outra notificação, dizendo que sua conta havia sido atualizada, porém perdeu o acesso ao aplicativo. O caso foi registrado como preservação de direito.

Jornal Midiamax