Polícia

Moradora de Campo Grande cai em golpe do ‘cartão clonado’ em perde R$ 11 mil

Uma mulher de 58 anos, moradora de Campo Grande, perdeu R$ 11 mil no golpe do “cartão clonado” nesta terça-feira (02), em Campo Grande. A vítima relata que recebeu uma ligação em seu telefone fixo, de uma pessoa que afirmava ser do setor de cartões do banco na qual é cliente. Na ligação, a golpista […]

Diego Alves Publicado em 03/02/2021, às 00h49 - Atualizado às 14h55

Foto ilustrativa
Foto ilustrativa - Foto ilustrativa

Uma mulher de 58 anos, moradora de Campo Grande, perdeu R$ 11 mil no golpe do “cartão clonado” nesta terça-feira (02), em Campo Grande. A vítima relata que recebeu uma ligação em seu telefone fixo, de uma pessoa que afirmava ser do setor de cartões do banco na qual é cliente.

Na ligação, a golpista disse que dois cartões de crédito da mulher de 58 anos tinham sido clonados. A suposta atendente do banco possuía todos os dados pessoais da vítima.

A ligação durou aproximadamente 40 minutos e a suposta atendente disse que iria enviar um motoboy para recolher os cartões e enviar para a perícia. A golpista disse para a vítima cortar o cartão no meio com uma tesoura e entregá-los ao suposto motoboy.

A mulher cortou os cartões com a tesoura e entregou ao homem que foi ao local de moto, porém, deixou o código de segurança da parte de trás dos cartões ainda legível. Os criminosos em posse desses dados, então passaram a realizar compras no cartão.

A vítima desconfiou que caiu em um golpe pois o “motoboy” não possuía identificação do banco. Ela então entrou em contato com o banco, momento em que soube ter acabado de cair em um golpe. O caso foi registrado como estelionato na Depac Centro.

Jornal Midiamax