Morador é multado por podar árvore de forma ilegal nos Novos Estados

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou o dono de uma residência em R$ 500 por corte ilegal de árvore no Bairro Novos Estados, em Campo Grande. O homem que cortava a árvore foi multado em R$ 1 mil por uso de motosserra ilegal. Policiais ambientais receberam denúncias de derrubada de árvore ilegalmente no bairro Novos […]
| 25/03/2021
- 00:09
Morador é multado por podar árvore de forma ilegal nos Novos Estados
PMA - PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou o dono de uma residência em R$ 500 por corte ilegal de árvore no Bairro Novos Estados, em Campo Grande. O homem que cortava a árvore foi multado em R$ 1 mil por uso de motosserra ilegal.

Policiais ambientais receberam denúncias de derrubada de árvore ilegalmente no bairro Novos Estados na manhã desta quarta-feira (24).
Uma equipe foi ao local e verificou que a árvore da espécie Oiti estava sendo derrubada em frente a uma residência. O empreiteiro do serviço informou que fora contratado para a remoção da árvore e receberia um valor combinado de R$ 600,00 pelo proprietário do local.

Ainda de acordo com a polícia, o homem realizava, porém, o trabalho utilizando uma motosserra sem a documentação ambiental (Licença de Porte e Uso-LPU), o que se caracteriza como . A motosserra foi apreendida. O infrator (36) foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 1 mil.

Pouco tempo depois chegou ao local o proprietário da residência e informou que não possuía a licença ambiental para a remoção da árvore no logradouro público. O infrator (39) foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 500.

Ambos os homens, residentes em Campo Grande, foram conduzidos à delegacia de e serão responsabilizados por crime ambiental. O crime de uso de motosserra sem licença, com pena prevista de três meses a um ano de detenção. O crime de danificar árvores em logradouro público a pena é de três meses a um ano de detenção.

Veja também

Caso foi registrado como tentativa de homicídio

Últimas notícias