Polícia

Médica se tranca em posto de saúde após ser atacada por casal que queria ‘kit covid’ em MS

Polícia militar foi chamada para a unidade de saúde

Thatiana Melo Publicado em 23/04/2021, às 06h43

None
(Ilustrativa)

Equipes policiais da cidade de Três Lagoas a 338 quilômetros de Campo Grande foram chamados nesta quinta-feira (22) até um posto de saúde, no bairro Vila Alegre, depois que uma médica foi atacada por um casal, que exigia um ‘kit covid’.

Os militares foram acionados por volta das 17h30 desta quinta (22) e ao chegarem ao local encontraram a médica com medo e trancada em uma sala da unidade de saúde. Ela disse que o casal chegou ao posto com sintomas de Covid-19, sendo que de imediato a médica receitou alguns medicamentos para o tratamento.

Mas, o homem se negou a aceitar dizendo que queria o ‘kit covid’ quando a médica explicou que este kit não era eficiente e que os medicamentos não tinham explicação cientifica, e cada médico tinha seu próprio método. Foi neste momento, em que o paciente passou a atacar a médica proferindo palavras de baixo calão.

Com medo, a médica se trancou em uma sala e chamou a polícia. Para os militares, o homem disse que ficou exaltado por que viu nas mídias que estão receitando este ‘kit covid’ e que estão tendo boas notícias. O casal não foi levado para a delegacia por que testou positivo para coronavírus.

Jornal Midiamax