Polícia

Marido faz ‘barraco’ em hospital para que esposa seja atendida e xinga funcionários e PM

Homem foi até o hospital fazer ficha para esposa mas foi informado de que a paciente precisava estar junto

Danielle Errobidarte Publicado em 22/06/2021, às 14h09

None
(Foto: Leonardo de França/ Arquivo Midiamax)

Homem, de 20 anos, agrediu policiais e funcionários do Hospital Municipal Nossa Senhora Parecida, na cidade de Água Clara, distante 193 km da Capital, para que sua esposa fosse atendida. Contudo, a paciente não estava com ele no momento em que ele solicitou uma vaga para atendimento. Alterado, ele chutou móveis do hospital e xingou funcionários e policiais.

Conforme o boletim de ocorrência, a polícia militar foi acionada para atender uma solicitação de desacato. Ao chegarem no hospital, a recepcionista explicou que o homem havia pedido para fazer uma ficha na intenção de que sua esposa fosse atendida pela equipe médica. Entretanto, ele foi informado de que necessitava estar acompanhado da suposta paciente.

Irritado, o marido teria xingado a recepcionista e chutado a porta da recepção, entrando no corredor que dá acesso à enfermaria, agredindo verbalmente outros funcionários que estavam de serviço. Em seguida, teria chutado outras cadeiras da recepção, mas foi contido pelo médico plantonista. O homem, então, teria desacatado o médico também, saindo do hospital.

A guarnição encontrou o suspeito em frente ao hospital, junto ao pai. O homem teria agredido os policiais e os xingado, dizendo “vai tomar no **, vocês não são nada”. Ele foi levado para a sede do 3° pelotão da PM e registrado boletim de ocorrência na delegacia da cidade, por perturbação do trabalho alheio, resistência e desobediência.

Jornal Midiamax