Mãe e avó confiam no ex e criticam amigas no velório de Silvana em Campo Grande

Parentes negam que ela fosse garota de programa e esperam que crime seja esclarecido
| 19/08/2021
- 13:55
"Tiraram um pedaço do meu coração"
"Tiraram um pedaço do meu coração", mãe e avó de Silvana sofrem no velório. - Henrique Arakaki/Midiamax

O velório de Silvana Domingos dos Santos, de 31 anos, foi marcado pela dor, na manhã desta quinta-feira (19), em Campo Grande. Inconformados com o assassinato, familiares da vítima defenderam que ela não trabalhava como garota de programa e, sim, como diarista. Além disso, mãe e avó reforçaram a confiança no ex-namorado, enquanto criticaram o comportamento das amigas de Silvana. 

A vítima foi assassinada dentro de casa na tarde de terça-feira (17) no Jardim Los Angeles. Rosana Domingos, de 53 anos, explica que não confiava nas amigas que moravam com a filha. A mãe cita que aconselhou Silvana a ficar de olho nas amizades e que achou suspeita a atitude de uma das mulheres ter saído de casa com as crianças pouco antes do assassinato. Quando Silvana foi morta, os filhos não estavam em casa. 

[Colocar ALT]
Familiares contam que Silvana trabalhava como diarista. (Foto: Henrique Arakaki)

“Eu falava que elas estavam andando muito juntas. Mas ela falou ‘Ah, mãe, são minhas amigas, é com elas que posso conversar'. Filho depois que cresce não ouve a gente”, disse. 

Tanto a mãe quanto a avó reforçaram que Silvana não era garota de programa, diferente do que as investigações têm apontado. “Se ela fizesse programa, eu não teria vergonha de falar”, disse Rosana. 

A avó da vítima, Ivone Domingos, de 65 anos, explica que a neta trabalhava como diarista. Ela conta que a neta sempre deixava as crianças em sua casa para sair trabalhar. “Ela criou os três filhos sozinha, eu sempre ajudava para ela ir trabalhar. Ela vivia pelos filhos. Se ela fosse garota de programa mesmo, eu não desmentiria e também não descriminaria”, frisa Ivone.

Família diz que confia na inocência do ex

Apontado como um dos suspeitos, o ex-namorado de Silvana estava no velório. Já as amigas de Silvana não estavam no local, pois teriam brigado com a família. Durante entrevista, tanto a mãe como a avó de Silvana reforçaram que não desconfiam do ex. 

Os familiares explicaram que Silvana teve dois ex-maridos e um ex-namorado, que é o relacionamento mais recente. “O menino mora em Sonora, nem estava aqui”, disse a mãe. Além disso, elas explicam que o término do foi pacífico, já que o rapaz estaria apaixonado por outra mulher. “Ele não amava a Silvana, gostava de outra. Eles não discutiram, nem brigaram”. 

Silvana queria comprar moto, mas dinheiro teria sumido

Na tarde em que tudo aconteceu, a mãe de Silvana relata que sentiu uma profunda angústia, como se soubesse o que estava prestes a acontecer. Rosana relatou que estava com um sentimento ruim e que ligou para os filhos. “Quando a pessoa é briguenta, você fala que ela tá arrumando confusão, mas a Silvana era uma pessoa querida”.

A mãe da vítima explica que Silvana estava juntando dinheiro para comprar uma moto para levar os filhos à escola. Ela relata que a filha estava com uma quantia, mas não sabia o quanto. “Não se sabe para onde foi [o dinheiro]. O celular dela também não foi encontrado”. 

No fim, familiares disseram que têm desconfianças, mas preferem não apontar nomes. Mãe e avó dizem que aguardam o andamento da investigação.

Veja também

Vídeo mostra o momento em que jovem de 22 anos foi vítima de tentativa de...

Últimas notícias