Polícia

Jovem é morto enquanto fazia sexo sob efeito de drogas com a esposa em MS

Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o caso como homicídio

Renan Nucci Publicado em 06/06/2021, às 09h52

Cidade de Bataguassu
Cidade de Bataguassu - Foto: Edemir Rodrigues | Reprodução

A Polícia Civil de Bataguassu, município distante 335 quilômetros de Campo Grande, investiga as circunstâncias da morte de Damilo Franciso da Silva, de 26 anos, ocorrida na madrugada deste domingo (06), enquanto ele mantinha relações sexuais com a esposa, ambos sob efeito de drogas. O caso é tratado como homicídio.

Consta no boletim de ocorrência que por volta das 5 horas, a Polícia Militar foi acionada pelo Corpo de Bombeiros para atendimento da ocorrência. Chegando ao local, uma residência no Jardim Campo Grande, os policiais não conseguiram contato com os moradores, motivo pelo qual decidiram entrar no imóvel.

A equipe viu que a porta da cozinha estava arrombada, bem como o portão de acesso encontrava-se entreaberto. No interior da residência havia sinais de consumo de entorpecentes sobre a cômoda e restos de cigarro de maconha pelos outros cômodos. No quarto do casal havia vestígios de sangue no chão e marcas de luta.

Neste sentido, os policiais foram à Santa Casa, em busca de mais informações. Lá, constataram que Damilo tinha sido socorrido e morreu. A esposa dele, com quem foi casado por seis anos, disse que ambos estavam fazendo sexo e usando cocaína. Alegou que não se recorda do que aconteceu, mas que em dado momento percebeu o corpo dele imóvel sobre o dela.

Assim, ela acionou uma amiga que esteve na casa com um amigo e o namorado e estes acionaram o socorro. A Polícia Civil foi chamada, juntamente com a perícia técnica, e foram colhidas informações que podem auxiliar no esclarecimento dos fatos. Ainda não há detalhes sobre autoria e motivação.

Jornal Midiamax