Polícia

Jacarés e javali são abatidos, tem carne retirada e carcaças são abandonadas na beira de rio por caçadores

Somente parte da carne dos animais foram retiradas e levadas

Fábio Oruê Publicado em 14/04/2021, às 13h37

Animais foram mortos a tiros
Animais foram mortos a tiros - Foto: PMA/ Divulgação

Um guia turístico flagrou carcaças de dois jacarés flutuando no Rio Anhumas, em Bonito, na terça-feira (13). A multa administrativa é de R$ 10 mil pelos dois jacarés.

A PMA (Policia Militar Ambiental) foi acionada por meio de denúncia, que informava sobre os dois animais silvestres e um outro aparentando um porco abatido. A Policia então foi ao local, a 6 km da cidade e encontrou os animais. Ambos os jacarés foram abatidos a tiros, porém, somente parte da carne do animal maior, principalmente da cauda fora aproveitada. Quanto ao javali, só havia o couro e a cabeça.

Os policiais calculam que os bichos foram abatidos em outro local e foram somente jogados no córrego e que isso tenha acontecido entre a noite ou madrugada anterior.

A pessoa que enviou a denúncia auxiliou à PMA na retirada das carcaças dos animais do córrego. Os bichos foram apresentados à delegacia de Polícia Civil de Bonito, que investigará a autoria do crime ambiental.

Na cabeça dos jacarés estavam os projéteis que servirão para auxiliar na investigação. Se os infratores forem identificados, responderão pelo crime ambiental de caça, cuja pena é de seis meses a um ano de prisão, com multa de R$ 10 mil pelos dois jacarés.

Jornal Midiamax