Polícia

Irmã morre e mulher suspeita que marido a intoxicou com remédios em Campo Grande

Sofreu uma parada cardíaca

Thatiana Melo Publicado em 03/08/2021, às 05h46

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

A irmã de uma mulher procurou a delegacia de Campo Grande, na noite desta segunda-feira (2), após desconfiar que a morte da vítima teria sido provocada por intoxicação. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Na delegacia, ela disse que a irmã foi internada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no dia 31 de julho, com uma suspeita de parada cardíaca, transferida para um hospital. Mas seis horas depois acabou morrendo.

Ela teve uma insuficiência respiratória aguda grave e foi descartada Covid-19. Ela afirmou que a vítima havia contado estar consumindo substâncias que aumentavam a pressão arterial.

A mulher ainda disse para a mãe que estava tomando remédios ministrados pelo marido, por isso a irmã desconfia de que teria sido intoxicada. O caso foi registrado na Depac Centro. 

Jornal Midiamax